Odontologia - Estomatologia

Foto Dra. Ana Carolina Evangelista da Fonseca

Dra. Carolina Sommer Dias Fernandes

  • Graduação em Odontologia PUCRS
  • Especialização em Odontopediatria pela PUCRS
  • Doutora em Odontologia (área de concentração: Estomatologia) PUCRS
  • CRO 12746

 

 



Estomatologia significa estudo da boca, palavra derivada do grego "stoma", onde significa boca e “logos” significa estudo, conhecimento.

O dentista especialista em Estomatologia, é um profissional que previne, diagnostica e trata as enfermidades relacionadas com a boca e todo aparelho estomatognático. O aparelho estomatognático é constituído pelos lábios, dentes, mucosa oral, glândulas salivares, tonsilas palatinas e faríngeas (amígdalas) e demais estruturas da orofaringe.

A evolução dos conhecimentos da patologia associada aos avanços da clínica fez da Estomatologia uma disciplina que interage com todas os outras especialidades odontológicas e também com algumas áreas da medicina e que entende que a boca faz parte da saúde geral do indivíduo. O Estomatologista está apto a diagnosticar lesões dentro e fora da cavidade bucal (relacionadas a esta), podendo tratá-las ou encaminhá-las ao profissional responsável.

Dentre as lesões mais comuns estão as hiperplasias, as aftas, as lesões de herpes e dentre as mais graves encontram-se o carcinoma ou câncer oral. O câncer de boca é uma lesão grave que possui tratamento e cura, desde que seja diagnosticado precocemente.

Além disso, o especialista nesta área pode diagnosticar outras doenças através das manifestações bucais desta, como por exemplo a “língua lisa” na anemia ou diabetes, manchas arroxeadas ou avermelhadas, decorrentes muitas vezes da AIDS. Este profissional também trata as lesões decorrentes da quimio e/ ou radioterapia, aplicada em pacientes em tratamento de vários tipos de câncer.

A Estomatologia é uma especialidade da odontologia aprovada, regulamentada, registrada e reconhecida pelo Conselho Federal de Odontologia do Brasil em 1992.

Como fazer o auto-exame da boca?

Atenção: Lave bem a boca e remova próteses dentárias se for o caso.

De frente para o espelho, observe a pele do rosto e do pescoço. Veja se encontra algum sinal que não tenha notado antes. Toque

1. Em frente do espelho, perceba se o seu rosto está com os dois lados do mesmo tamanho;

2. Vire o lábio debaixo como na foto e veja se ele é mais avermelhado ou esbranquiçado em alguns pontos. Às vezes podemos sentir alguns pontos muito pequenos, que são normais. Eles não devem estar inchados ou duros;

3. Olhe sua língua no espelho e note se está muito esbranquiçada ou avermelhada, se tem rachaduras ou algum machucado e sinta, com as mãos lavadas, se algum local da língua dói mais que outros quando você passa o dedo, ou mesmo quando escova os dentes;

4. Levantando a língua, observe a sua parte inferior;

5. Ainda com a língua levantada incline a cabeça um pouco para frente e olhe embaixo da língua;

6. Observe a língua, virando-a para os dois lados, veja se não tem nenhum machucado nesta parte lateral;

7. Observe pelo lado de dentro da bochecha;

8. E com a cabeça inclinada para trás observe o “céu da boca”;

9. Dizendo “Ah” em frente ao espelho observe a garganta;

Em todos estes passos, não se esqueça de olhar se há alguma anormalidade como:

  • Mudança de coloração;
  • Áreas irritadas debaixo de próteses (dentaduras, pontes móveis);
  • Feridas que não cicatrizam em duas semanas;
  • Dentes fraturados ou amolecidos;
  • Algum caroço ou endurecimento.

O auto-exame deve ser feito sempre, mesmo que você não suspeite de qualquer anormalidade na boca. Fazendo-o sempre você conhece melhor a sua boca e pode notar quando algo estiver diferente do normal. Mas não esqueça de visitar seu dentista regularmente! Procure-o também se você notar algumas das anormalidades que foram citadas, ele julgará a necessidade de consultar ou não um especialista!

 

2009 Croma © Todos os direitos reservados
Av. Cristóvão Colombo, 2430 - Porto Alegre - RS

Fone: 51 3072.8555 | 51 3337.9966